TYPO3 Cumulus Flash tag cloud by TYPO3-Macher - die TYPO3 Dienstleister (based on WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck) requires Flash Player 9 or better.

 

Sorocaba se aproxima da entrega do seu Plano de Ação do Projeto Urban-LEDS

20.07.2015

A Cidade de Sorocaba deu mais um passo em direção a finalização do seu Plano de Ação que vem sendo realizado no âmbito do Projeto Urban-LEDS. No dia 15 de julho, o Comitê de Stakeholders Locais da Cidade realizou um encontro para comentar os resultados preliminares dos setores analisados e debater sobre as iniciativas prioritárias do Plano de Ação de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono.

Na primeira parte do encontro, com base nos resultados preliminares apresentados do 1º Inventário de Gases de Efeito Estufa de Sorocaba, os representantes do Comitê discutiram, detalhadamente, sobre as ações dos setores de Transporte, Resíduos e Energia. As ações prioritárias foram debatidas juntamente com os participantes das organizações ligadas ao Comitê, como a Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Planejamento e Gestão, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Secretaria de Habitação e Urbanismo, Secretaria de Parcerias, URBES, SAAE e NUPLAN. Também estiveram presentes na reunião alguns representantes da FIESP.

O 1º Inventário de GEE da Cidade de Sorocaba, também realizado por meio do Urban-LEDS, teve como base os anos de 2002 a 2012 e totalizou um número de 9.315.863 tCO2, distribuídos entre as seguintes fontes de emissão:

Energia 75,67%
Resíduos 22%
Agricultura, Floresta e Uso do Solo 2,3%

Esses resultados evidenciam a importância em termos de impacto às mudanças do clima e em emissões de GEE de determinadas atividades, como consumo de energia elétrica e combustíveis fósseis (75,67% do total inventariado), e disposição de resíduos (22%). Entre os setores prioritários, o Subsetor de Transporte foi o que mais contribuiu para o acúmulo de emissões, sendo responsável por 53,70% do total das emissões inventariadas para o setor de energia. A mobilidade urbana é também um dos principais problemas enfrentados pela população sorocabana em seu dia-a-dia.

Dessa maneira, no âmbito das ações para o setor de mobilidade, Sérgio Pires Abreu, Diretor de Planejamento da Urbes (Empresa de Desenvolvimento Urbano de Sorocaba), destacou a importância da implementação do Plano de Ação de Desenvolvimento de Baixo Carbono e suas sinergias com o Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade da Cidades.

Segundo Abreu, o Plano de Ação será fundamental para que os objetivos do Plano Diretor se concretizem, principalmente em relação a implementação do Sistema de Transporte BRT, a construção de estruturas de ciclovia, e a adequação das calçadas de Sorocaba.

No setor de resíduos, a implementação do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos também será fundamental para a redução das emissões nos aterros. Os representantes também citaram a importância do aumento da coleta seletiva.

A apresentação dos resultados finais e o Plano de Ação está prevista para agosto de 2015.

 
 
 
Google+
PT | ES