TYPO3 Cumulus Flash tag cloud by TYPO3-Macher - die TYPO3 Dienstleister (based on WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck) requires Flash Player 9 or better.

 


O fenômeno da metropolização implica às aglomerações urbanas o desafio de repensar a forma que produzimos cidades. A reprodução de soluções de alto impacto ambiental culminou na degradação ambiental, no acirramento dos conflitos urbanos e na perda de serviços ecossistêmicos fundamentais à manutenção da vida em sociedade. A relação entre qualidade de vida e ambiente construído é intrínseca, e a saúde pública depende diretamente da manutenção dos recursos naturais.

O INTERACT-Bio, liderado pelo ICLEI, foi projetado para melhorar o uso e a gestão da natureza em cidades de rápido crescimento e nas regiões vizinhas. O objetivo é incorporar aspectos da biodiversidade nos instrumentos de planejamento, de forma a promover o desenvolvimento baseado na natureza junto às comunidades urbanas dos países integrantes do projeto - Brasil, Índia e Tanzânia.

Almeja-se que governos de diferentes níveis - do local ao nacional - reúnam esforços para integrar os serviços ecossistêmicos em suas atribuições fundamentais, tais como  planejamento territorial, gestão do uso e ocupação do solo, desenvolvimento econômico local e implementação de projetos de infraestrutura.

A iniciativa apoia as regiões metropolitanas a compreenderem o potencial da natureza, principalmente em relação ao fornecimento de serviços essenciais para o dia a dia das cidades e, ao mesmo tempo, a melhorarem a conservação da biodiversidade e dos ecossistemas, gerando novas ou melhores oportunidades econômicas. Ao fazê-lo, essas ações colocam as  cidades participantes em um caminho de desenvolvimento mais resiliente e sustentável.

Apesar das diferentes características em cada território, entende-se que as Regiões Metropolitanas procuram trilhar o seguinte percurso do desenvolvimento baseado na natureza: empregar os mecanismos existentes de planejamento territorial a nível metropolitano, realizar uma avaliação dos Serviços Ecossistêmicos de cada região e construir conceitos de intervenção regionais para enfrentamento dos desafios prioritários.


Cidades participantes na região

No Brasil, participam as Regiões Metropolitanas de Campinas, Belo Horizonte e Londrina.

Campinas

A Região Metropolitana de Campinas (RMC) identificou a conectividade como desafio prioritário a ser enfrentado. A Proposta da Área de Conectividade foi submetida à Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (EMPLASA) como subsídio para elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI) da RMC, e foi incorporada no seu Caderno Preliminar de Propostas, como Área Estratégica para Ação Metropolitana (AEAM) para Conectividade Ambiental.

Belo Horizonte

A Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), conta com seu Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) finalizado, em estágio de aprovação pela Assembleia Legislativa Estadual de Minas Gerais. O enfoque temático na RMBH consiste na implementação da Trama Verde-Azul (um instrumento previsto pelo PDDI), por meio de práticas agroecológicas e sistemas agroflorestais, conectando as Unidades de Conservação (UCs) existentes.

Londrina

O enfoque na Região Metropolitana de Londrina (RML) consiste no enfrentamento dos eventos extremos climáticos relacionados à água, com especial olhar para ocupações de fundo vale, mananciais de abastecimento, corredores ecológicos e áreas ameaçadas por desastres naturais.



Objetivos

Por meio do INTERACT-Bio, o ICLEI visa fornecer às comunidades urbanas em expansão no Sul Global soluções baseadas na natureza e benefícios a longo prazo, por meio da incorporação de aspectos da biodiversidade nos instrumentos de planejamento.

Atividades

Por meio do INTERACT-Bio, as regiões metropolitanas:

  • Trabalham em conjunto com outros governos subnacionais e nacionais para integrar as considerações sobre biodiversidade no planejamento e tomada de decisões da região metropolitana;
  • Integram a biodiversidade e as soluções baseadas na natureza no uso do solo, infraestrutura e planejamento do desenvolvimento, e desenvolver instrumentos de apoio à política;
  • Refletem acerca da incorporação de biodiversidade em todos os setores;
  • Promovem soluções baseadas na natureza como opções de investimento economicamente sólidas e sustentáveis;
  • Demonstram a eficácia do desenvolvimento baseado na natureza por meio de projetos demonstrativos;
  • Multiplicam as abordagens baseadas na natureza por meio do intercâmbio entre partes e aumentam a conscientização sobre o valor que a natureza oferece em um contexto urbano.

Parceiros

Envolva-se!

Para mais informações acesse o site do projeto: https://cbc.iclei.org/project/interact-bio/

 
 
 
Google+
PT | ES